Lorde em Berlim

No último domingo fui ao show da Lorde. Coisa linda essa Melodrama Tour, viu? Mas antes de chegar nesse assunto, tem muita história pra contar… Comprei o ingresso antecipadamente por “livre e espontânea pressão” de uma amiga, paguei apenas 30€ e pronto! A merda tava feita! Pra quem não sabe, eu sou mãe há quase 1 ano e meio, e … Continuar lendo »

1 mês com o DIU Mirena

MINHA HISTÓRIA Antes de engravidar, eu costumava usar um anticoncepcional composto por 2 hormônios sintéticos. Usei o Femiane e o Elani 28 por mais de 10 anos, e somente parei porque decidi engravidar. Já durante a fase de amamentação, eu passei a usar um anticoncepcional de hormônio único, que era indicado para lactantes e também tinha menor risco de trombose. … Continuar lendo »

Levanta, sacode a poeira e vamos pro Kita!

CRECHES NA ALEMANHA Na Alemanha as escolas funcionam com uma parceria público-privado com sistema de voucher (*) desde a creche (chamada de Kita – abreviação de Kindergarten) até a universidade. Mas é culturalmente esperado que as crianças iniciem sua vida escolar somente após os 3 anos, e em casos de necessidade após 1 ano de vida. Antes disso o bebê … Continuar lendo »

A verdadeira comida e bebida alemã

Joelho de porco? Salsicha? E tudo regado com bastante cerveja? Sim, obrigada! Eu mesma já sou uma fã declarada da Curry Wurst. Mas não é só isso… No pouco contato que tenho com os nativos, já pude notar que no dia a dia os alemães tem uma alimentação muito mais saudável do que essa. Por exemplo, vivendo na Alemanha eu … Continuar lendo »

Nana neném

Quem já leu o meu texto “Quer um conselho?” sabe que eu sou contra métodos que prometem milagres na rotina e no sono do bebê. Sou adepta da amamentação em ivre demanda, da introdução alimentar por volta dos 6 meses, do desmame gradual, da rotina naturalmente guiada pelo bebê, do ninar para dormir e, principalmente, do observar o bebê para identificar … Continuar lendo »

O que você quer ser quando crescer?

Uma conhecida compartilhou algo no Facebook que mexeu comigo. Na verdade o tema é recorrente, e essa foi apenas a última gota d’água que fez transbordar o copo. O assunto? Falta de reconhecimento no trabalho da mãe e dona de casa. O tsunami? Você vê a seguir… O que você quer ser quando crescer? Pode escolher ser engenheira, médica, jornalista, … Continuar lendo »

Ame ou odeie [atualizado em 16/09/2017]

A ideia desse post é apenas listar as coisas que eu amo e que eu odeio em Berlim. Simples assim! Sem ordem de importância, e passível de atualização conforme  eu for vivenciando mais coisas. Então lá vai… AMO Segurança da cidade Água quente na torneira Transporte público eficiente Bicicleta como meio de transporte Vida ao ar livre (parques) Aquecedor Janelas … Continuar lendo »

A saúde na Alemanha

A Alemanha com seu sistema de saúde mais enxuto, tem me feito pensar e questionar os procedimentos exagerados adotados no Brasil, onde plano de saúde, laboratórios e indústrias farmacêuticas sempre saem ganhando ($)… Mas o paciente, nem tanto… Por exemplo, acima está o gráfico da avaliação da eficácia da mamografia como rastreio (sem o paciente apresentar sintomas) feito durante 10 … Continuar lendo »

Um pediatra e vários choques culturais

Vivendo na Alemanha eu aprendi uma coisa sobre o Brasil… Os laboratórios de exames, as cirurgias eletivas e a indústria farmacêutica minaram a nossa cultura e o nosso jeito de pensar a saúde. E isso está tão enraizado que torna-se difícil deixar alguns vícios. O primeiro choque cultural que eu tive, na área da saúde, foi quando o pediatra retirou … Continuar lendo »

Meu bairro: Charlottenburg

Eu ainda não fui tão longe e nem conheci todos os cantos de Berlim, pois estou muito focada em organizar nossa nova vida, enquanto mantenho as atividades de um bebê na rotina. Mas do meu bairro eu posso falar, pois já criei raízes por aqui. Tanto que mudamos de apartamento e nem sequer trocamos de CEP… Admito que sempre fui … Continuar lendo »