Fórmula 1

Sobre Formula 1 e Ciclismo

Eu acompanho a Formula 1 desde criança, fazendo companhia ao meu pai. Com o tempo foi o computador que passou a me fazer companhia, e então meu marido também entrou no jogo. Um jogo de adrenalina e competitividade, que só pode ser vivenciado através da empatia pelos pilotos e/ou pelas equipes. Junto com a “Era Lewis” na McLaren, surgiu minha … Continuar lendo »

Força Jules!

Em dias assim o tempo pára e nada mais importa: Lewis venceu pela primeira vez em Suzuka… e daí? O podium não teve estouro de champagne nem sorrisos! Jules Bianchi se acidentou gravemente, ao bater no trator que removia o carro de Adrian Sutil da pista. E os pensamentos de todos os fãs de automobilismo e todos os pilotos foram … Continuar lendo »

Adeus, Lewis Hamilton!

Quando eu escrevi meu artigo para a Revista Speed, eu não imaginava quão difícil seria dizer adeus ao Lewis Hamilton… Só pude enxergar com clareza o que isso significava quando as minhas lágrimas descontroladas lavaram os meus olhos, durante o último GP de Lewis pela McLaren. Lá no setor G, a minha tristeza destacou-se da alegria da Torcida Pisa Fundo, … Continuar lendo »

O meu herói é humano

Ao ler o incrível e sincero depoimento que Marc Priestley, mecânico da McLaren, fez sobre Lewis Hamilton e o seu amadurecimento na F1; eu experimentei diversos sentimentos. Passei da empatia para a raiva, até que Marc conseguiu despertar em mim a compreensão racional da trajetória do meu piloto favorito na atualidade. O texto é super longo e está em inglês, mas … Continuar lendo »

A emoção do nascimento

A maioria das pessoas não compreende a emoção de se acompanhar um esporte como a Fórmula 1, e nem mesmo sabe como funciona uma torcida com dois campeonatos paralelos entre pilotos e equipes, sendo que nem sempre o seu piloto preferido está  na sua equipe preferida, agravado pela problemática de que um pode tirar pontos do outro. Mas mesmo a … Continuar lendo »

72hs de Interlagos

A Fórmula 1 é uma paixão que une pessoas e forma famílias. A minha tem o sobrenome Acorda Cedo e foi com eles que eu passei o último fim de semana de Novembro de 2011. Para saber mais, veja meus textos no Papaya Orange: Dia 1 – Sexta Dia 2 – Sábado Dia 3 – Domingo E esse artigo do … Continuar lendo »

Olha só quem chegou!

Nessa sexta-feira eu saí tarde do trabalho, peguei trânsito, e cheguei em casa beirando as 20hs. Cansada de todos os projetos, prazos e problemas que me perseguiram a semana toda. E abalada por todos os projetos, prazos e problemas que me persegirão no final de semana. Afinal, ser arquiteto é isso: trabalhar na empresa e em casa, pois sempre aparece … Continuar lendo »

Quem sou eu?

Sem dúvida uma pergunta difícil de ser respondida, pois existem diversas Marianas dentro de mim. Antes de mais nada eu sou o rótulo que me colocaram ao nascer. Mariana Espada Pinto da Costa, com origem 100% portuguesa, o pá! Mas dá para imaginar como eu fui azucrinada na infância, não? As crianças sabem ser cruéis. Porém depois que pesquisei sobre … Continuar lendo »

Mudança de ares…

Não há nada imutável nessa vida, mesmo aquilo que você tem certeza de que durará para sempre. Afinal, tudo se transforma ao longo do tempo, e nós temos a opção de nos adaptar ou encontrar um novo ambiente que nos seja confortável.  E olhando por esse ponto de vista eu percebo que Darwin sabia muito mais do que a biologia … Continuar lendo »

Como unir duas paixões?

O Lego sempre foi meu brinquedo favorito quando criança e ainda o é. E a Fórmula 1, nem preciso dizer nada, não é mesmo? Então assista esse vídeo e descubra como unir essas duas paixões! [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=v8Ln9hkXPlc] Beijos, Mari Espada.